Precisamos falar sobre…assuntos sérios II + Reign

Precisamos falar sobre…assuntos sérios II + Reign

Como vocês devem ter lido ontem, criei um post para falar de assuntos sérios. E hoje vou falar um pouco sobre um assunto super mega hiper desagradável e super necessário: violência sexual a mulher. Uma em cada 14 mulheres já sofreu alguma vez na vida abuso sexual por quem não é seu parceiro. Esse dado alarme foi retirado de uma pesquisa realizada pela revista The Lancet em fevereiro desse ano. E na maioria dos casos as vítimas não reportam o crime por vergonha e medo de ser responsabilizada pelo estupro.

No Brasil, os dados também são alarmantes, o Ministério da Saúde revelou em 2013 que o SUS (Sistema Único de Saúde) recebeu em seus hospitais e clínicas em média duas mulheres por hora com sinais de violência sexual em 2012. E os números seriam maiores se contar com a rede privada de hospitais. E segundo dados da secretária, o número de relatos de abuso sexual contra mulheres pelo serviço Ligue 180 passou de 320 em 2006 para 1.686 em 2012.

Para quem assistiu o episódio 9 da segunda temporada de Reign – spoiler para quem não viu – a cena da Rainha da Escócia e da França, Mary Stuart sendo estuprada foi bastante perturbadora. Longe de mim, comparar uma cena fictícia de série a uma cena real vivida por milhares de vítimas ao redor do mundo. Faço esse comentário porque, primeiro o blog é sobre séries e filmes, e segundo porque a série está fazendo uma campanha incentivando que as denúncias sobre esse crime horrendo sejam feitas. A atriz principal, Adelaide Kane, lidera a campanha.

campanha

Já no Brasil, existe a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 é um serviço gratuito de atendimento telefônico da Secretaria de Políticas para as Mulheres, que foi criada para que a população brasileira, em especial as mulheres, pudessem receber orientações e denunciar casos de violência de gênero, em suas diversas formas. Trata-se de um serviço de utilidade pública de emergência, de abrangência nacional, que pode ser acessado pelo número 180, gratuitamente, 24 horas por dia, de qualquer terminal telefônico – móvel ou fixo, particular ou público – todos os dias da semana, inclusive domingos e feriados. E lembrando, se uma mulher disser NÃO, entenda, conforme-se e respeite o NÃO. Às mulheres, vítimas ou não, denunciem! Não deixem esses irracionais soltos! Vamos lutar!

Deixe um comentário sobre o que você está achando do blog, sugestões, críticas, elogios, tudo é bem-vindo!

Um grande beijo dessa que vos escreve, Natty Wilde.

Facebook_Logo /blogmeidentifiquei

instagram @me-identifiquei

Anúncios