Imagem

Promessa é dívida: Review de The Slap, The Casual Vacancy, Cucumber, Banana, Younger, Arthur e George, The Royals

Olá queridas e queridos leitores, tudo bem com vocês? Conforme prometido, esse post é inteira e exclusivamente sobre as séries novas que eu falei que ia ver e fazer o review, então como prometido, vamos a nossa já famosa listinha:

  • The Slap:

The Slap US

É uma série bem legal que levanta várias discussões: bater numa criança, traição envolvendo menor de idade, educação entre pais e filhos, relações na família. Na minha humilde opinião acho que o Harry foi errado em bater no Hugo, afinal o filho não é dele e não cabe a ele educar a criança alheia, fora que se a situação fosse invertida, Harry faria um escândalo ainda maior. Mas tem o contraponto, que Hugo é uma criança sem educação, rebelde e geniosa, se seus pais lhe dessem uma educação melhor nada disso aconteceria. Quanto ao Hector ter a vontade de ficar com Connie, uma adolescente de 18 anos e menor de idade (no EUA a maioridade legal é aos 21 anos) é explicada apenas pela crise dos 40, ele é um cara correto que está vivendo o momento “garotão”. Além do mais, o legal da série é que cada episódio é focado em um personagem diferente.

Conclusão: Vou continuar assistindo e ver no que vai dar, mas já andei lendo que a audiência da série não vai lá muito bem. De todo modo, ela vai pra aba do T e se for cancelada eu altero para as Já Vistas.

  • The Casual Vacancy:

The Casual Vacancy

Gostei bastante do roteiro da série, tanto em questão de diálogo quanto nos quesitos fotografia e interação com os atores. Justamente por não ler o livro, embora esteja familiarizada com a história, acho que a série está ganhando espaço.

Conclusão: Já vi a primeira temporada que é composta de apenas 3 episódios e estou aguardando a segunda season.  (Originalmente, o projeto é uma minissérie, mas a receptividade foi tão grande em relação à audiência e a crítica especializada, que a produção cogita fazer uma segunda temporada. Até que a BBC se pronuncie sobre isso, você pode encontrar mais informações no submenu Já Vistas.)

  • Cucumber e Banana:

bc

Vou falar dessas duas séries britânicas juntas porque elas são complemento uma da outra. Você não entenderá Cucumber se você não ver Banana e vice-e-versa. Gostei justamente por esse fato que embora a primeira seja para um público mais adulto e a segunda para uma audiência mais jovem, as duas séries convergem entre si e acaba ficando interessante o diálogo entre todos os personagens. Além do fato de Cucumber ser um pouco mais sombria que Banana. Para quem não gosta de séries do Reino Unido, vai achar o roteiro chato tanto de uma quanto a outra, mas eu gosto, então, rs.

Conclusão: Adorei o final da primeira temporada dos dois seriados e estou aguardando ansiosa para o início da segunda!

  • Younger:

Younger

O pouco tempo que Hillary Duff apareceu, já deu pra matar a saudade, gostei de algumas cenas, mas de modo geral achei o roteiro fraco.

Conclusão: Por isso, não seguirei assistindo a série.

  • Arthur e George:

Arthur And George

Já sabia que série uma minissérie de 3 episódios apenas. Gostei muito do roteiro e da fotografia, mas a ideia de colocar Arthur, criador de Sherlock Holmes como investigador foi demais. Adorei!!!

Conclusão: Como é uma minissérie feita apenas para ter poucos episódios, ela vai para o submenu Já Vistas.

  • The Royals:

The Royals

Por favor, amo séries britânicas, adoro os bastidores da história real e mesmo que seja fictícia, estou gostando bastante. Logo no primeiro episódio, pude identificar traços de Skins na personagem Eleanor.

Conclusão: Vou ver sim e torcer para não ser cancelada, acho que tem tudo pra dar certo. Em breve vocês encontram mais informações na aba T.

Vídeo

Vejo séries britânicas… todo o tempo!!!

Olá queridas e queridos leitores tudo bem com vocês? A esse ponto não precisa dizer que sou apaixonada pela Inglaterra pois aqui todo mundo já sabe, né? O fundo do blog denuncia, a decoração do meu quarto também, os meus textos falando sobre Londres mais ainda…

Então, o post de hoje tem tudo a ver com duas das minhas paixões: séries e Reino Unido. Hoje estreiam em terras britânicas dois seriados no Channel 4 e E4 e sabe qual o melhor disso? As séries serão interligadas!!! Uhuhuhu, como não se empolgar. Mas preciso fazer um aviso: a série é sobre gays (não que seja um problema pra mim, porque eu adoro filmes, séries, livros, músicas, histórias com essa temática), aviso apenas para deixar explícito que aqui não é um blog preconceituoso! Dito isso, vamos ao que realmente interessa? Vaaaaaamos!!!

cucumber

  • Cucumber:

Sinopse: Voltada para o público mais velho, personagens e enredos mais maduros. A série vai focar nos personagens Henry (Vincent Franklin) e (Cyril Nri), namorados que acabam tendo a noite mais desastrosa da história, com algo envolvendo um menáge a trois, dois carros de polícia e um CD do Boney M o que resulta no término de namoro. A vida de Henry vira de cabeça para baixo e ele acaba indo morar com três caras: Daniel (James Murray), um hétero que acaba seduzindo Henry; Freddie (Freddie Fox), um jovem gay vivendo o primeiro amor; e Dean (Fisayo Akinade), um outro cara gay que tem que lidar com diversos problemas familiares. E será transmitida pelo Channel 4.

Atores: Ardal O’Hanlon, Adjoa Andoh, Rufus Hound, James Murray, Julie Hesmondhalgh e Ceallach Spellman.

  • Banana:

Sinopse:  É uma série voltada para um público mais jovem, que vai mostrar a vida de um grupo de amigos gays, lésbicas, transgêneros e seus problemas relacionados a sexualidade, família, emprego e amor. Tudo, claro, com muito bom humor. E será transmitida pelo E4, canal jovem da Channel 4 e super conhecido por transmitir a série amada e adorada por todos nós: Skins!!!

Atores: Andrew Hayden-Smith, Luke Newberry, Freddie Fox  e Fisayo Akinade (os últimos três participarão de Cucumber também).

E pra quem acha que acabou, estão todos redondamente enganados!!! Ainda vai ter um programa online chamado Tofu, uma espécie de minissérie documental inspirada pelos temas tratados por Cucumber e Banana. A criação dessas três belezuras ficou por conta de Russell T. Davies, criador do enorme sucesso Queer as Folk UK. Cada série terá oito episódios na sua temporada. E por ai? Já estão ansiosos pra assistirem essas séries?

Ah vocês já estão participando do sorteio que tá rolando na página oficial do Me Identifiquei? Nããão? Então corre que dá tempo!!! Clique aqui e saiba todas as informações para concorrer a coleção com 5 DVD’s da primeira temporada de Game of Thrones!

O sorteio e o resultado acontecem no dia 27 de fevereiro, sexta feira, e o ganhador será avisado pelo seu Facebook, aqui no blog e na página Oficial.

Fiquem ligados e boa sorte!!!

Até a próxima!

Deixe aqui embaixo nos comentários sugestões e/ou críticas.