Imagem

Para os fãs de filmes Bollywoodianos!

Olá queridas e queridos leitores!!! Quem aqui assistiu A Culpa é das Estrelas de John Green? Pois então, o filme que arrancou suspiros e lágrimas ganhará uma refilmagem. E não se trata de qualquer versão não… Vai ser no estilo de Bollywood, aliás, já até fiz um post explicando um pouco sobre a Hollywood indiana, basta clicar aqui.

O executivo da Fox Star Studios, Vijay Singh, disse à uma publicação americana que a história deve se adaptar bem ao público indiano. Já imaginou Ansel Elgort fazendo altas dancinhas? Hahahaha…

Ansel Elgort

Quem aqui está curioso como vai ser a escalação de atores? Deixem nos comentários!

Até a próxima!!!

Anúncios
Vídeo

Percorrendo muitos Caminhos da Índia!!!

Olá queridas e queridos, hoje o post foi feito a pedido da leitora Andreza Bezerra que gostaria de saber mais sobre filmes indianos e americanos. Como vocês devem saber, porque eu já postei aqui, aqui e aqui, eu gosto muito da cultura indiana. Cresci assistindo vários tipos de filmes e alguns deles, com temática indiana e produções americanas, francesas, canadenses, britânicas e italianas. Tenho visto mais filmes com esse enfoque e quero compartilhar com todos vocês. Vamos então para a listinha famosa do blog? Vaaaaamos!!!

  • Marido por Acaso (2009):

marido por acaso

Sinopse: A dra. Emma Lloyd (Uma Thurman) possui um programa de rádio de sucesso, onde dá conselhos sentimentais. Emma defende sempre o amor racional, apresentando suas teses em seu livro recém-lançado, “Amor Real”. Um dia Sofia (Justina Machado), uma de suas ouvintes, liga para o programa e pede conselhos sobre o relacionamento com Patrick Sullivan (Jeffrey Dean Morgan), seu namorado. Emma defende que ela termine o namoro, conselho seguido por Sofia. Patrick ouve o programa pelo rádio e, a partir de então, passa a querer dar o troco em Emma. Para tanto ele conta com a ajuda de Ajay (Jeffrey Tedmori), seu vizinho adolescente, que consegue modificar os dados cadastrais de Emma. Ajay modifica os dados para que ela e Patrick sejam agora casados. A idéia não agrada nem um pouco a Emma, que está prestes a se casar com Richard Bratton (Colin Firth), seu editor.

Opinião: Esse filme é super hiper mega engraçado, uma comédia tipicamente americana, com produção americana e atores americanos. Mas ai vocês me perguntam o motivo desse filme filme estar na lista, to certa? Então é porque tem algumas cenas de uma comemoração indiana, não é o foco do filme, mas achei legal colocar aqui, rs.

  • A 100 passos de um Sonho (2014):

a 100 passos de um sonho

Sinopse: No sul da França, Madame Mallory (Helen Mirren) é uma respeitada e autoritária dona de um restaurante estrelado no famoso guia Michelin que está cada vez mais preocupada com um estabelecimento indiano, concorrente, que abriu do outro lado da rua do seu empreendimento. Ela trava uma verdadeira guerra contra o vizinho, mas aos poucos conhece o filho do seu adversário, Hassan Kadam (Manish Dayal), um garoto com verdadeiro talento para a culinária. Os dois tornam-se amigos, e Mallory passa a guiá-lo pelos conhecimentos da refinada gastronomia francesa, sem abandonar a tradição indiana, encorajando-o a alçar voos muito mais altos.

Opinião: A produção é americana e ficou por conta de Steven Spielberg e Oprah Winfred. Não é um filme que mostra uma França luxuosa, mas que apela a todo momento para o espírito françês. Gostei muito porque tem um roteiro leve e todo filme estrelado pela fofa Helen merece ser apreciado. Acho que vocês vão gostar bastante. E antes que perguntem, sim, mostra um pouco de Paris, rs.

  • Dr. Cabbie (2014):

dr cabbie

Sinopse: Quando o Dr. Deepak Chopra, um novo imigrante descobre que seu diploma de médico indiano não é reconhecido no Canadá, começa a dirigir um táxi. Uma noite, ele heroicamente traz ao mundo um bebê de uma passageira, em seu banco traseiro. A filmagem do parto acidentalmente vai parar na internet e o vídeo se torna viral. Agora famoso, Deepak é apelidado de Dr. Cabbie (Doutor Taxista) e passageiros migram para seu táxi para fazer tratamento. Pra quem ficou curiosa (o) o filme é uma produção canadense com roteiro indiano.

Opinião: Achei bem legalzinho, é tipicamente uma comédia romântica estilo filme americano, embora seja uma produção canadense.

  • O Exótico Hotel Marigold (2012):

Hotel Marigold

Sinopse: Os aposentados Muriel (Maggie Smith), Douglas (Bill Nighy), Evelyn (Judi Dench), Graham (Tom Wilkinson) e mais três amigos decidem curtir a aposentadoria em lugar diferente e o destino é a Índia. Encantados com o exotismo do local e com imagens do recém restaurado Hotel Marigold, a trupe parte para lá sem pestanejar e são recebidos pelo jovem sonhador Sonny (Dev Patel). O único detalhe é que nada era muito bem como parecia ser, mas as experiências que eles irão viver mudarão para sempre o futuro de todos.

Opinião: Totalmente despretensioso, achei o filme super leve, o roteiro muito bem escrito e uma fotografia excelente. É diferente de certos filmes que vemos por uma única razão: não mostra nem os indianos e nem os idosos na condição de coitados e vítimas. Para quem está curioso, é uma produção americo-britânica.

  •  O Segundo Exótico Hotel Marigold (2015):

segundo marigold

Sinopse: Sonny Kapoor (Dev Patel) tenta encontrar tempo para expandir os negócios enquanto se preprara para o casamento com Sunaina (Tena Desae). O Hotel Marigold tem lotação praticamente esgotada e ele precisa de uma nova propriedade para receber novos hóspedes.

Opinião: Como eu já disse, eu adorei o primeiro filme e estou aguardando super ansiosa para ver o segundo. A previsão de estréia aqui no Brasil é para o dia 7 de maio.

Espero que vocês comentem mais sobre o que gostariam de ver aqui no blog, pois como eu já disse, o Me Identifiquei foi criado para todos nós e para que nos identifiquemos com algum assunto escrito aqui!

Por hoje é só!!!

Até a próxima!!!

Imagem

E vamos falar sobre filmes indianos?

Olá queridas queridos leitores, tudo bem com vocês? O post de hoje vamos falar sobre filmes indianos, filmes americanos com temática indiana e filmes indianos inspirados em filmes americanos e britânicos!

Na Índia as pessoas são tão apaixonados por filmes quanto os brasileiros e os americanos, tanto que criaram Bollywood em homenagem a sua capital indiana Bombain e Hollywood, em Los Angeles, EUA, onde a maioria das produções cinematográficas acontecem. Mas muitos usam o termo de forma errada, Bollywood é usada apenas para os filmes com produções parcial ou totalmente musical e espera-se sempre que contenham algumas melodias cativantes sob a forma de números de canto e dança.

A globalização cinamatográfica já é tanta que muitas produções são filmadas em outros países, como é o caso de Kabhi Khushi Kabhie Gham e Bhagam Bhag gravados em Londres, no Reino Unido;  Dhoom 2 com cenas no Rio de Janeiro e  Fool n Final gravado no Brasil, Dubai e Oman e Salaam Namaste totalmente filmado na Austrália.

Além dos filmes originais, os indianos também fazem suas versões de grandes sucessos internacionais, como é o caso de:

  • Eu vos declaro Marido e …Larry:

Na versão indiana, o filme tornou-se Dostana, e conta a história de Sam e Kunal, que precisam alugar um apartamento, mas a locatária não quer que dois marmanjos morem perto de sua amada sobrinha, então eles resolvem fingir que são um casal gay e conseguirem o apartamento. Pensavam que a tal sobrinha era uma baranga, mas quando conhecem Neha (interpretada por Priyanka  Chopra, outra Miss, a índia deve ser uma fábrica de ‘misses’) os dois se apaixonam completamente por ela, e assim começa a bagunça…

filme indiano 1

  • Orgulho e Preconceito:

Aqui, a produção fez um trocadilho com o nome em inglês Pride (Orgulho) e o nome do filme ficou Bride (Noiva e Preconceito). O clássico romance de Jane Austen em sua versão indiana respeita a temática da versão americana, com elementos clássicos do cinema híndi, com humor e músicas. No elenco, no lugar de  Keira Knightley, temos a Miss Mundo, ganhadora de dois prêmios Filmfare (o Oscar indiano), Aishwarya Rai, e como Mr. Darcy, Martin Henderson.

filme indiano 2

  • O guarda-costas:

Tanto no filme americano quanto no indiano, o nome permaneceu o mesmo, The Bodyguard, embora a produção Bollywoodiana tenha alterado um pouco a história, a moça a ser protegida não se trata de uma super estrela (Whitney), e sim a filha de um magnata. Nos padrões de Bolly, muita música e cenas de ação.

filme indiano 3

  • Sr e Sra Smith:

Siiim, esse filme também ganhou uma versão, haha!!! Ek tha Tiger é o terceiro filme de Bollywood de maior bilheteria de todos os tempos, faturou cerca de U$49 milhões em todo mundo, a versão indiana de Sr. E Sra. Smith, é um turbilhão de cenas de ação e músicas dançantes. Tiger (Salman Khan) é um agente secreto indiano que conhece Zoya (Katrina Kaif) em uma missão, onde acabam se apaixonando e descobrindo, que Zoya é uma agente secreta paquistanesa, e o mundo obscuro da espionagem não permite as paixões, né?

filme indiano 4

  • Romeu e Julieta:

Pois é, até William Shakespeare entrou na dança, hahahaha…  A história de amor mais popular no mundo ganhou sua versão indiana em 2009, o típico enredo dos jovens que se apaixonam mesmo pertencendo a famílias rivais. Apesar de ter muitas semelhanças com Romeu e Julieta, Heer Ranjha é um dos quatro populares romances trágicos da região Punjab, localizada no sul da Índia.

filme indiano 5

Também não podemos nos esquecer dos filmes americanos com temática indiana. Quem aqui não se debulhou em lágrimas com o filme A vida de Pi? Pois é…

  • A vida de Pi (2012):
  • O Guru do Sexo (2002):
  • O Sabor da Magia (2005):

Por hoje é só! Se vocês pedirem posso fazer um post especial falando mais sobre a cultura indiana. Ah, vocês já participaram da enquete respondendo qual a sua série favorita? Não?

Clique aqui e veja a lista dos seriados!!! Conto com a ajuda de todos  porque através do resultado dela, vocês terão uma enorme surpresa!!! Por isso não deixem de participar!!!

Até a próxima!!!

Deixe aqui embaixo nos comentários sugestões, críticas e o nome da sua série favorita, não se esqueçam!

Facebook_Logo /blogmeidentifiquei

instagram @me-identifiquei