C

  • Chicago Fire:

Chicago_Fire

Sinopse: Narra a rotina de bombeiros, homens e mulheres, na cidade de Chicago. A equipe de bombeiros é liderada por Matthew Casey (Jesse Spencer) e Kelly Serveride (Taylor Kinney). O comandante do departamento de bombeiros e ex-campeão de boxe, Walden Boden (Eamonn Walker), tenta manter a paz em sua unidade. O grupo também é formado pelo bombeiro veterano Christopher Herrmann (David Eigenberg), enquanto que na equipe de paramédicos estão Leslie Shay (Lauren German), que é lésbica e Gabriella Dawson (Monica Raymund), que está interessada em um dos bombeiros.

Temporadas: 4

Episódios: 22

Opinião: Gosto muito de séries que sigam a linha policial, médica e de bombeiros e me lembra uma série antiga chamada Trauma que infelizmente foi cancelada.

  • Chicado PD:

CHICAGO P.D.

Sinopse: Acompanha os trabalhos de dois grupos da polícia de Chicago que atuam no Distrito 21. Um dos grupos é formado por policiais que atuam nas ruas e o segundo é o grupo que forma a Unidade de Inteligência, encarregada de investigar crimes graves, como aqueles cometidos por organizações criminosas e traficantes, além de casos que envolvem assassinatos com grande repercussão na imprensa. O líder da Unidade de Inteligência é o Sargento Hank Voight (Jason Beghe), um homem que exige o máximo de seus subordinados. Sob seu comando está o detetive Antonio Dawson (Jon Seda), um sujeito ambicioso que costuma bater de frente com Voight. A série também é estrelada por Jesse Lee Soffer (Detetive Halstead), Sophia Bush (Detetive Erin Lindsay), LaRoyce Hawkins (Oficial Atwater), Patrick John Flueger (Kyle Ruzak), Elias Koteas (Alvin Olinsky), Marina Squerciati (Kim Burgess) e Archie Kao (Jin).

Temporadas: 3

Episódios: 15

Opinião: De início eu não estava assistindo, mas as histórias de Chicago Fire e Chicado PD se cruzam tendo inclusive participações dos personagens, quando isso acontece é chamado de episódio crossover. Acontece que agora estou tão apaixonada por CPD quanto por CF.

  • Crossing Lines:

crossing lines

Sinopse: A série acompanha as atividades do International Criminal Court, um equivalente europeu do FBI. Sediada na Holanda, sua missão é a de investigar crimes em série que são cometidos em diversos países da Europa, levando os responsáveis à justiça. A equipe de campo é liderada pelo ex-policial de Nova Iorque Carl Hickman (William Fichtner). No elenco também estão Marc Lavoine, Gabriella Pession, Tom Wlaschiha, Genevieve O’Reill, Richard Flood, Moon Dailly e Donald Sutherland.

Temporadas: 2

Episódios: 10

Opinião: Série sobre agências secretas é vida ♥. Especialmente se mostra várias paisagens da Europa. Sempre que assisto me sinto passando pelos canais de Amsterdam, ou caminhando no rio Sena, ou curtindo um friozinho em Budapeste, haha. Fora que não é nenhum sacrifício ver Donald Suttherland, né?

  • CSI Cyber:

CSI Cyber

Sinopse: Um departamento de criminalística forense, focado em crimes virtuais. Inspirada no trabalho da psicóloga irlandesa Mary Aiken, a série é centrada em Avery Ryan (Patricia Arquette), agente especial encarregada da Divisão de Crimes Virtuais do Quantico. Ela é a encarregada de investigar os crimes que tiveram início na mente, tomaram vida no mundo online e acabaram afetando o mundo real. O primeiro episódio, intitulado “Kitty”, foi exibido em abril no que é conhecido como backdoor pilot, um capítulo da série que apresenta a nova trama para testes de audiência e aceitação do público.

Temporadas: 2

Episódios: 13

Opinião: Vocês estão percebendo como sou apaixonada pelo gênero policial, né? Gostei bastante porque não há quase nada sobre crimes virtuais. A gente vê um episódio ou outro, mas uma série focada nisso, é super raro. Adorei a primeira temporada e estou aguardando a segunda.

  • Cucumber:

Cucumber

Sinopse: É voltada para o público mais velho, personagens e enredos mais maduros. A série vai focar nos personagens Henry (Vincent Franklin) e (Cyril Nri), namorados que acabam tendo a noite mais desastrosa da história, com algo envolvendo um menáge a trois, dois carros de polícia e um CD do Boney M o que resulta no término de namoro. A vida de Henry vira de cabeça para baixo e ele acaba indo morar com três caras: Daniel (James Murray), um hétero que acaba seduzindo Henry; Freddie (Freddie Fox), um jovem gay vivendo o primeiro amor; e Dean (Fisayo Akinade), um outro cara gay que tem que lidar com diversos problemas familiares. E será transmitida pelo Channel 4.

Temporadas: 2

Episódios: 8

Opinião: Vou falar tanto de Banana quanto de Cucumber porque elas são complemento uma da outra. Você não entenderá Cucumber se você não ver Banana e vice-e-versa. Gostei justamente por esse fato que embora a primeira seja para uma audiência mais jovem e a segunda para um público mais adulto , as duas séries convergem entre si e acaba ficando interessante o diálogo entre todos os personagens. Além do fato de Cucumber ser um pouco mais sombria que Banana. Para quem não gosta de séries do Reino Unido, vai achar o roteiro chato tanto de uma quanto a outra, mas eu gosto, então, rs.

Um comentário sobre “C

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s